O Sótão Autor: Ivan Sarney

Título: O Sótão

Autor: Ivan Sarney

ISBN: 978-85-9566-029-8

Peso: 280g

15x21 cm | 200 páginas | edição 2021

Editora: AML

Categoria: Teatro

 

Sobre o livro:

 

O Absurdo da vida, do homem, é tema constante da obra teatral dos autores existencialistas. Para Samuel Becket, o NADA é a resposta. Para Sartre, o Absurdo é o estado vital "par excellence", enquanto para Albert Camus, tal Absurdo, quando constatado, permite ao homem começar a viver.

Sem querer rotulá-lo de autor de Teatro Absurdo ou mesmo de qualquer outro género teatral, esta peça de Ivan Sarney nos transporta para esse perguntar da condição da vida, do homem, do Absurdo em que vivemos. Ao analisarmos esse texto, em todas as suas implicações, vamos nos encontrar retratados, ou premidos por quem nos cerca. E lamentar pelo fato de fazermos parte de uma grande família de ratos e aranhas, ou ainda, da identificação imediata com RÉGIS.

Há um medo latente em cada um de nós. Medo que nos impingem e que transferimos a outrem.

"Não pise na grama" - "É pecado" - "É feio" "É certo"... Por quê?... Ninguém se pergunta nada. Não existe o porquê. Apenas o condicionamento. Vamos armazenando medos, revoltas, angústias, sonhos. Em troca de quê? Das aparências, dos falsos valores, etc... O "lá dentro" é esquecido, foi bloqueado.

BARAH - "A vida voa depressa. É necessário estar atento". Mas quem está atento?

O maior achado de Ivan, neste texto, é, a meu ver, o fato de não ser ditada uma norma, um valor, uma moral. Ele arrebenta com a estrutura de RÉGIS "Nós", sem impor uma conduta. BARAH impele RÉGIS - "Nós", às descobertas do todo. A partir daí, então, que haja opções.

BARAH - "Você está enganado, meu rapaz. Foi você quem se amarrou naquela cadeira. Foi você quem se soltou. Você se torturou o tempo todo, querendo se ajudar,"

 

Aldo Leite

"Prefácio da 1ª edição"

O Sótão

R$ 50,00Preço

Livraria e Espaço Cultural AMEI - São Luís Shopping

Fixo: (98) 3251 3744

Whatsapp: (98) 9 8283 2560

Email: ameilivraria@gmail.com

 

Compartilhe: