AMEI LIVRARIA

Av. Prof. Carlos Cunha, nº 1000

Jaracaty, São Luís - MA

CEP: 65076-907

© 2019 Livraria AMEI

Atendimento 

Livraria e Espaço Cultural AMEI - São Luís Shopping:

(98) 3251 3744

Presidente: (98) 9 9612 2384 (WhatsApp)

1ª Secretária: (98) 9 8283 2560 (WhatsApp)

Email: ameilivraria@gmail.com

Nossas redes sociais 

  • Facebook
  • Instagram

Título: Gardênia: Flor de Lapela

Autor: Euclides Moreira Neto

ISBN: 978-85-7862-859-8

Peso: 200g

Categoria: Biografia / entrevista / Gestão Pública /memória 

 

Sobre o livro:

 

Este livro reúne uma série de três sessões, com a entrevista que realizamos no ano de 2011 com a Senhora Maria Gardênia Ribeiro Gonçalves, ex-Prefeita de São Luís e ex-Primeira Dama do Estado, pois ela é casada com o ex-Governador do Maranhão, João Castelo Ribeiro Gonçalves, que exerceu diversos cargos públicos, incluindo, além de Governador, o de Deputado Federal, o de Senador e o de Prefeito de São Luís. A transcrição das entrevistas foi realizada somente no mês de junho de 2016. Toda a série das entrevistas concedidas por Gardênia Gonçalves foi gravada em vídeo digital, portanto, material, relativamente vulnerável e efêmero. Dessa maneira, a transcrição das entrevistas constitui-se uma contribuição para a preservação do conteúdo revelado pela entrevistada. Vale lembrar que para realizar as entrevistas, posicionamos a câmera em um tripé na frente da entrevistada, fazendo o enquadramento de plano médio, idêntico ao enquadramento de fotografia 3 x 4. As três sessões de entrevistas tiveram também a assistência do técnico em audiovisual Geovani da Silva Guterres. Para a transcrição, utilizamos a mesma sistemática posta em prática na entrevista gravada em vídeo, obedecendo a ordem de perguntas e respostas. Essa sistemática de perguntas, na transcrição realizada, é identificada com o nosso nome em negrito (EUCLIDES) e as respostas são identificadas com o nome também em negrito, da entrevistada (GARDÊNIA).

Observamos que, às vezes, a entrevistada parafraseia consigo mesma, relembrando situações consideradas relevantes por ela. A narrativa de Gardênia Gonçalves é sem dúvida rica em detalhes, chegando, em alguns momentos a ter uma característica poética, quando ela menciona seu tempo de criança e juventude, percorrendo as cidades de Floriano, Teresina, Flores (hoje Timon), Caxias, Bacabal e São Luís. Eventualmente, ela faz questão de informar que não se lembra de nomes e datas. Apesar disso, o sentido e a força da narrativa são preservados e dão, perfeitamente, para o leitor compreender o que ela gostaria de dizer, ou seja, apreender o contexto do que é narrado. Ocasionalmente, Gardênia soltava pequenas risadas ao concluir certas respostas ou ficava a pensar, tentando recordar alguma situação. Nesses casos, é feita a citação direta do sentimento expressado pela respondente, colocando a palavra entre parêntesis (risos, pausa etc). Vale ressaltar que, em sua narrativa, a entrevistada é respeitosa com todos os que ela cita, não nos deixando perceber qualquer sentimento de rancor ou desprezo. Demos a este livro o título de Gardênia: flor de lapela. A palavra Gardênia refere-se, obviamente, ao nome próprio da entrevistada, e a expressão flor de lapela relaciona-se a uma expressão utilizada pela entrevistada, durante a sua campanha para a prefeitura de São Luís quando, em um comício, ela teria afirmado: “sou uma flor de lapela de meu marido”, ao definir a sua relação com o seu esposo João Castelo. Essa expressão foi amplamente gerando correntes favoráveis e desfavoráveis.

Percebemos que Gardênia Gonçalves foi humilde, altiva, combativa e determinada com o que acreditava e tinha convicções, principalmente com aqueles que compartilhavam de sua vida, assim como também cultuava um profundo amor por aqueles que ela considerava integrantes de seu relacionamento social e familiar, especialmente seus filhos – Thales, Gardeninha e Joãozinho – de quem ela fala com muita afetividade. Fala, ainda, das experiências que tentou construir, como a adoção do menino Edinho, que não soube aproveitar a oportunidade por ela sinalizada de que iria terminar de lhe criar, proporcionando-lhe estudos e amparo maternal na Capital Federal. Euclides Moreira Neto

Gardênia: Flor de Lapela

R$ 35,00Preço