As casas que habitam em mim

Título: As casa que habitam em mim recorte de uma busca 

Autora: Maria Theresa Pflueger

Sobre o livro:

O livro “As casas que habitam em mim: recorte de uma busca” leva o leitor a um passeio no tempo e traz detalhes primorosos da arquitetura residencial em São Luís e também revela nuances de política e religião. Símbolos valiosos que guardam segredos e preciosidades de quem as habita, as casas poderiam significar uma caixa de memórias de uma vida inteira. Guardam tantas histórias que até daria para escrever um livro. A pedagoga maranhense Maria Theresa Soares Pflueger, professora aposentada da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), teve esta iniciativa. Viajou ao passado, revisitou residências onde morou em São Luís e escreveu “As casas que habitam em mim: recorte de uma busca”, obra com 123 páginas que, de certa maneira, trazem informações sobre os costumes da sociedade maranhense a partir do olhar de uma família, em diferentes períodos. Com a pena do sentimentalismo, doses marcantes de saudosismo e, em cada página, visivelmente tocada por perdas que, somadas, ajudaram na motivação para a construção da obra, Theresa Pflueger divide seu livro em capítulos, e em cada um esboça uma história a partir de onde habitou. Começa pela residência da Rua do Sol e avança pela casa da Rua São João, a da Antônio Rayol, a de São José de Ribamar, e também discorre sobre a residência do bairro Cutim Anil. Esta última foi a primeira casa que a família Pflueger construiu no Brasil e na qual recebia com almoços e jantares oferecidos para pessoas da sociedade. “São memórias de minha infância, adolescência e da fase adulta. Comecei a escrever aleatoriamente sobre o meu bisavô, Manoel Matias de Sousa, que foi um homem rico em todos os sentidos e chegou a ser sócio da antiga fábrica de tecidos Cânhamo. Morreu atropelado por um bonde. Na verdade, com este livro quero dizer que há um entrelaçamento das nossas casas com as nossas vidas”, diz a autora. A infância de Pflueger foi desfrutada na casa da tradicional Rua do Sol e esta, segundo ela, foi totalmente diferente das outras. O pai, Oswaldo Soares, era um tabelião colecionador de antiguidades e a família vivia cercada de lindas peças decorativas e também de moedas. “A residência era um estímulo à estética e, ao mesmo tempo, assustadora, pois havia inclusive um porão, cofres, íngremes escadas, entre outros elementos que se projetavam nos meus medos.

 

As casas que habitam em mim

R$ 40,00Preço

Livraria e Espaço Cultural AMEI - São Luís Shopping

Fixo: (98) 3251 3744

Whatsapp: (98) 9 8283 2560

Email: ameilivraria@gmail.com

AMEI LIVRARIA

Av. Prof. Carlos Cunha, nº 1000

Jaracaty, São Luís - MA

CEP: 65076-907

Atendimento 

Livraria e Espaço Cultural AMEI - São Luís Shopping:

(98) 3251 3744

Presidente: (98) 9 9612 2384 (WhatsApp)

1ª Secretária: (98) 9 8283 2560 (WhatsApp)

Email: ameilivraria@gmail.com

© 2019 Livraria AMEI

Nossas redes sociais 

  • Facebook
  • Instagram